terça-feira, 26 de maio de 2009

FACEBOOK

A minha vidinha continua a acontecer no Facebook. Beijo beijo

quinta-feira, 12 de março de 2009

Tenho saudades disto...

Estou a tresandar a vitamina C, acabei de comer duas laranjas em 3 minutos, foi o meu almoço. Ando a tentar comer mais frutinha. Fui ao carro buscar e pus num saco da H&M, não me via a entrar na rádio com 2 laranjas na mão. Demasiado ordinário. Comecei a achar isto desde que tirei uma foto com 2 laranjas à frente das minhas boobies. Também não como bananas em público. Já para não falar em Calipos lol. Hoje meti-me com um espanhol. Tinha 23 anos e era tradutor. Disse-lhe: Olá, eu sou a vera da CidadeFm, posso-te roubar? E ele...desculpa não vai dar, trabalho o dia todo. Tive que lhe explicar que só o queria roubar por dois minutos para uma entrevista e não para o comer. É sempre 2 minutos ou um bocadinho mais. Sou Mágica, dou uma e desapareço. É a vidinha a acontecer ultimamente com muito sol na tromba...

quarta-feira, 11 de março de 2009

Não. O meu blog não morreu. lol Tenho andado ocupada comigo, ando a arrumar a minha vidinha. Já está quase. Hoje a minha planta morreu, fui enterrá-la lá baixo ao caixote do lixo. A minha mãe, como sempre, muito acreditada em mim disse-me: estás a ver, Vera, nem a planta sobrevive, ainda queres ter tu um cão. E tanto que queria. No lugar da planta, pus a minha garrafeira pinipon, mau sinal. Cirrose. Mas é tão bom, à noite um golinho, uma gargalhada, outro golinho. Alguém diz: Pronto, já está bêbeda! E, ainda bem que assim é, não há dinheiro para garrafeiras maiores. Antes do cão, tenho que tomar conta de outras coisas. Da minha conta bancária que anda anémica, do meu humor, que tem andado de costas viradas para ti. Mas já passou. Já voltei ao meu status normal do Caguei! Outro dia, cheguei à conclusão que estou a ficar uma mulherzinha. A boa notícia é que é só por fora lol A joana queixa-se das coisas que ando a vestir. Ando a tentar convencê-la que é da moda não é de senhora. O Pedro diz: não sei como é que ela não se desmancha em asneiras no ar, na rádio. Eu disse-lhe: não te preocupes, quando entro na casa dos meus pais também não digo. Tenho um mindset muito precavido. Descobri como se cola uma vaca ao tecto, é com colacao. As coisas que aprendo com o Flávio. Agora, também tenho insónias, era daquelas coisas que só acontecia aos outros. Tento tanto para dormir que nem sei. Ando a falar com gente nova, não ando a falar muito. Ando a ouvir mais. Quando explodir, não me calo. Aqui a Mágica, para uns, ou Vera de Lúcia para outros, anda com um modus operandi bem engraçado, ando a experimentar fazer coisas ao contrário. Tipo a mania que tenho de ver as revistas do fim para o início. Rio-me tanto sozinha que às vezes dou em doida. Já na semana passada dizia ao mundo que só me apetecia chorar, e depois ria-me. TPM. Mas apetecia-me chorar. A Malvada está a chegar. O vinho já chegou. É a vidinha a acontecer de copo na mão...

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Gosto d'isto

Li isto e gostei..

“O número dos que nos invejam confirma as nossas capacidades” (Óscar Wilde)...

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Pouf.

domingo, 25 de janeiro de 2009

Está a chegar..

Está a chegar. Estou a sentir que sim. E só de pensar dá-me um aperto no coração e outro no estômago ao mesmo tempo. O de cima é de paz, o de baixo de aventura. Está a chegar a vontade de fazer coisas que, ultimamente tem andado adormecida, pelo frio e pela flanela que tanto me mima à noite e, na maior parte dos dias também à tarde. Tenho mesmo andado adormecida. Está a chegar a vontade de ir a Amesterdão, é tão grande que sou maluca para ir só comigo. Está a chegar a vontade de falar espanhol, já que decidi deixar de dizer asneiras, ao menos que fale uma língua ordinária lol. Está a chegar a vontade de fazer tudo o que quero. Acho que andei a descansar nestes últimos tempo para isto. A guardar energia porque não vou ter tempo de a acumular quando chegar. Ela, a vontade de fazer coisas. Quero pessoas novas que não percebam o que digo, quero sair da cama com vontade do que vou encontrar, para além da chuva. Quero reanimar uma paixão maluca e não só uma paixão ou uma maluca. Quero passar 2 dias devagarinho. Quero desaparecer daqui e voltar sem tempo para respirar com tanta coisa para contar. Fechei a porta à fase do ter. Já gastei tudo o que tinha. Agora é a fase do ser, nem que seja apenas parva. É o melhor que tenho para oferecer. Vou fazer o destino acontecer um bocadinho mais depressa. Vou dar-lhe umas palmadas no rabo, para ver se anda p'ra frente. A Scarlett disse, e eu sublinho, só sei o que não quero. É a única coisa que sei. 

Já escrevi e volto a escrever...O que mais desejo é que esta sede louca de emoção não passe. De não ter nada, nem certezas, nem garantias e rir-me por isso. Que os nossos assuntos se atropelem pela quantidade de coisas pra dizer e nos ajudem a ter vontade de sair da cama, de manhã, por mais cedo que ela comece..

É a vidinha a acontecer...com tanta a coisa ainda para leres..eu vou mexer..vou fazer acontecer..